PCI Compliance – O Que É e Por Que Você Deve Dar Importância?

O PCI Compliance é o principal padrão de segurança digital do mundo, voltado especialmente para dados de cartões de crédito e débito. Por isso, saiba mais sobre o assunto e como adaptar o seu negócio.

PCI Compliance – O Que É?

A rotina de vendas da sua empresa está no ambiente online? Se você lida com canais como e-commerce e marketplaces, então você provavelmente já ouviu falar sobre a PCI Compliance.

Continue lendo para entender de uma vez por todas a importância de ter essa certificação e aprimorar a segurança online do seu negócio.

O que é PCI Compliance?

A PCI Compliance, também chamada de PCI DSS, é o principal padrão de segurança digital do mundo, voltado especificamente para a indústria de cartões de crédito e débito. Em inglês, a sigla significa Payment Card Industry Data Security Standard, e pode ser traduzida como Padrão de Segurança de Dados da Indústria de Pagamento com Cartão. 

Portanto, a certificação PCI garante que uma empresa é capaz de garantir o sigilo de dados dos clientes, possibilitando que as transações online sejam feitas da maneira mais segura possível.

Quem precisa estar de acordo com o padrão PCI DSS?

Todas as empresas que lidam com o manuseio e processamento de dados de cartões bancários devem buscar a certificação. Basicamente, isso envolve desde gerenciadores de bancos de dados, plataformas e processadores de pagamento, até plataformas de e-commerce.

Além de atestar a segurança dos dados dos clientes e da organização, a PCI Compliance ajuda a prevenir golpes e fraudes online.

Como adaptar meu negócio à certificação PCI Compliance?

Agora que você entende mais sobre o que é a PCI Compliance, vamos falar sobre quais são os requisitos de segurança necessários para essa certificação.

São 6 categorias de especificações, que visam cobrir diferentes etapas do processo de aprimoramento da segurança de dados na web. Confira: 

  • Construir e manter uma rede segura para conduzir as transações;
  • Proteção dos dados de titulares dos cartões;
  • Manter o sistema protegido de ataques por hackers;
  • Implementar medidas reforçadas de controle de acesso;
  • Monitorar e testar frequentemente as redes;
  • Manter uma política de segurança bem definida.

Com as ferramentas certas e uma equipe capacitada, você garante boas práticas de segurança dos dados. e confira mais artigos com as melhores dicas de cuidado com a informação para a sua empresa.

Deixe uma resposta